quarta-feira, 31 de março de 2010

África de comboio

via Rotas & Destinos on 3/29/10
Percorrer 5700 quilómetros através da África Negra, num trajecto que começa na Tanzânia, passa pela Zâmbia, o Zimbabwe, o Botswana e termina na...

terça-feira, 30 de março de 2010

E-books para los más jóvenes

via e- Academia .es by javiersaez77 on 3/21/10

Biblioteca TumbleBookLa Subdirección General de Coordinación Bibliotecaria del Ministerio de Cultura pone a disposición de los usuarios de las bibliotecas públicas españolas y de los internautas, una colección de e-books (o ciberlibros) gratuitos, destinada especialmente a los más jóvenes. Se trata de la Biblioteca TumbleBook en su versión en español (disponible también en inglés y francés), un recurso educativo y de ocio online para estudiantes y profesores, muy usado en bibliotecas públicas y colegios norteamericanos.

Las obras animadas de la Biblioteca TumbleBook se presentan mediante una aplicación en flash. Una variada selección de libros electrónicos infantiles y juveniles, cuentos, libros en otras lenguas, audiolibros, puzzles y juegos educativos. Muy útil para el estudio y la práctica de otros idiomas, ya sea leyendo o escuchando obras en inglés, español, francés, ruso o chino. Una iniciativa que busca, aparte de promocionar la lectura y el aprendizaje, estimular capacidades cognitivas y lingüísticas y permitir la accesibilidad a usuarios con discapacidad visual.

En el apartado Índice, encontrarás un listado de títulos disponibles, otro de autores y las diferentes categorías en las que se reúnen las obras (Libros de cuentos, Libros juveniles, Cuentos en inglés, Juegos y rompecabezas, Libros en inglés, Libros de todo el mundo y Mis favoritos). En la ficha de cada libro aparece una breve sinopsis y los datos sobre autor, ilustrador, editor, duración (si se trata de un audiolibro, por ejemplo), y también el nivel de lectura automático y el manual.

, , , , , ,

História da Rádio na RTP Memória

via A RÁDIO EM PORTUGAL by Jorge Guimarães Silva on 3/13/10
No dia 20 de Março irá para o ar, pelas 16h30 18h00, na "RTP Memória" o programa "No Ar, A História da Rádio em Portugal". O apresentador - João Paulo Dinis - é ele próprio um protagonista da história da rádio portuguesa.

sexta-feira, 26 de março de 2010

A toponímia Republicana e Fernando Pessoa

via BLOGUE REAL ASSOCIAÇÃO DE LISBOA by João Távora on 3/7/10
Um dos poucos indiscutíveis atributos dos republicanos de 1910 foi o revisonismo de grande parte da toponímia nacional: por exemplo em Lisboa, entre muitas outras renomeações, a avenida Rainha D. Amélia passou a chamar-se avenida Almirante Reis, o comandante da revolta que se suicidou dois dias antes da revolução, a avenida Ressano Garcia, foi rebaptizada avenida da República, e a Av. António Maria Avelar é hoje conhecida por avenida 5 de Outubro.
Também o sitio onde nasceu Fernando Pessoa, refinado antipatizante do regime e da sua casta emergente, o Largo de S. Carlos, onde se situou a sede(directório) do Partido Republicano Português foi vítima da sua voracidade recriadora e passou a chamar-se Largo do Directório. Sobre o assunto, na célebre carta a João Gaspar Simões, Fernando Pessoa diz, a dado passo: «O sino da minha aldeia, Gaspar Simões, é o da Igreja dos Mártires, ali no Chiado. A aldeia em que nasci foi o Largo de S. Carlos». Esta é a parte mais conhecida, mil vezes citada, mas o texto vulgarmente omitido continua assim: " (...) foi o Largo de S. Carlos, hoje do Directório, e a casa em que nasci foi aquela onde mais tarde (no segundo andar; nasci no quarto) haveria de instalar-se o Directório Republicano. (Nota: a casa estava condenada a ser notável, mas oxalá o 4.º andar dê melhor resultado que o 2.º)»
Em cima na imagem: Afonso Costa e outros republicanos na cerimónia oficial da substituição da placa toponimíca pela nova do Largo do Directório.
*Com a colaboração de Vasco Rosa
Publicado originalmente aqui

JÁ AGORA...

via CACETEIRO by noreply@blogger.com (caceteiro) on 3/21/10
E já que estou a falar da Livraria Europa, vi lá este livro que, não dizendo muito aos leitores deste lado da fronteira, fez-me pensar que, se algo do género fosse escrito em Portugal... se a quantidade de vendidos, traidores e amnésicos que eu vi desfilar diante dos meus olhos, durante estes anos, fosse compilada num livro... acho que 500 páginas não chegavam!

As 10 Crónicas de Kandimba

via ANGOLA DO OUTRO LADO DO TEMPO... by MARIANJARDIM on 3/5/10

http://2.bp.blogspot.com/_qmUsVCruM6c/Rcp3hu47p-I/AAAAAAAAAK8/7YnyPyk1ZBk/s320/SebastiaoCoelho.jpg

Nota Pessoal

Não percam esta oportunidade - a de se deliciarem com as crónicas que o Sebastião Coelho "Kandimba" nos deixou. Kandimba quer dizer "Coelho".
Aconselho que iniciem esta leitura com a CRÓNICA VII - Peixe do Capim e a CRÓNICA VIII - Tukeia, o Peixe Voador. Nelas o autor fala-nos de um peixe diferente de todos os outros. Um peixe que salta e voa, que vive na chanas secas dos Lutchazes, dos Bundas, do Alto Zambeze, do Luau e da sede capital do Moxico - o Luena. Um peixinho que se seca ao Sol cujo habitat se localiza na grande mãe de água de África e de todo o mundo, local onde nascem rios que alimentam três ou quatro dos maiores rios de África e do Mundo: o Zambeze. o Zaire, o Kuanza, o Cuando, o Cubango... e também o Limpopo. Limpopo, pois, este rio moçambicano nasce poucos quilómetros depois das águas do Cuando-Cubango se infiltrarem por entre as areias do Botswana.
Rui Moio

Crónicas do Kandimba de Sebastião Coelho

As 10 Crónicas de Kandimba

CRÓNICA I - Angola País Africano
CRÓNICA II - Angola País de Contrastes
CRÓNICA III - Angola e o Peixe Aventureiro
CRÓNICA IV - Angola, Peixe e Pecadores
CRÓNICA V - Mar, Peixe e Gente do Mato
CRÓNICA VI - Peixe Mulher
CRÓNICA VII - Peixe do Capim

CRÓNICA VIII - Tukeia, o Peixe Voador
CRÓNICA IX - A Palanca Preta Gigante
CRÓNICA X - Conversa à Luz das Estrelas

Portugal Euro-Ultramarino

via Euro-Ultramarino by noreply@blogger.com (Euro-Ultramarino) on 3/2/10
Por completo acaso este fantástico livro me veio parar às mãos; e apenas ontem pude iniciar o que será a atenta, emocionada e demorada leitura das suas nutridas 648 páginas. Autêntico tratado sobre a essência euro-ultramarina do Portugal histórico, Portugal. Do Minho a Timor é uma brilhante defesa do que foi a nossa maneira de estar no mundo. E uma implacável denúncia da sua programada e implacável destruição. De parabéns estão os dois autores, pois além de produzirem um trabalho monumental, conseguem transmitir, em cada linha escrita, o intenso amor pátrio que lhes brota da alma. Leitura absolutamente obrigatória.

No terceiro quartel do século XX, durante um período revolucionário de dois anos, alguns portugueses inverteram com êxito o sentido histórico de Portugal. A fundamental mudança que se verificou em Portugal, em 1974/1975, foi essa inversão e o abandono da Pátria Ultramarina. Trata esta obra de Portugal, não dos regimes ou dos sistemas de governo, mas da doutrina e da política ultramarina portuguesa, tentando descortinar as razões que motivaram alguns portugueses a defender o sentido atlântico e luso-tropical que tinha garantido a independência de Portugal ao longo dos últimos oito séculos, bem como as motivações de outros que optaram pelos caminhos do continente, da Ibéria e da Europa civilizada, sacrificando, a partir de Julho de 1974, com sangue, destruição e tragédias sem paralelo, pedaços da Nação. Nesta obra defende-se, portanto, contrariamente ao que defendem os dirigentes saídos da revolução de 1974/1975, que a instauração de um regime democrático não exigia a destruição do Portugal Uno que estava em construção. Outros regimes, outros sistemas de governo, outras elites, outras gerações de portugueses tudo fizeram para preservar a Pátria d'aquém e d'além-mar.

quinta-feira, 25 de março de 2010

JUSTIÇA? MAS QUE JUSTIÇA?


Um texto de Vera Lúcia
É inconcebível quando se diz que se pretende uma justiça moderna, nas decisões muitas vezes importantes que alguns têm que tomar , e que nós tenhamos tantas vezes esta tendência em nos referirmos a castigos bárbaros os infligidos no Terceiro Mundo ,,quer porque nos julgamos bons cristãos ou porque nos cremos bons muçulmanos, quer ainda por supor sermos superiores. Ler mais

terça-feira, 23 de março de 2010

Núcleo Arqueológico do Castelo de S. Jorge


Desde o dia 18 de Março já é possível visitar o núcleo arqueológico do Castelo de S. Jorge, cuja colecção resulta das investigações arqueológicas que decorreram, desde 1996, ao abrigo de protocolo estabelecido entre o então Instituto Português do Património Arquitectónico (agora integrado no IGESPAR), a Câmara Municipal de Lisboa e a empresa municipal Equipamentos dos Bairros Históricos de Lisboa (hoje EGEAC).

Escolhendo quem bem escolhe

via O líder acidental by Rodolfo Araújo on 3/22/10
Uma das mais notáveis qualidades dos bons líderes reside em sua capacidade de cercar-se sempre de pessoas inteligentes – às vezes até mais do que eles próprios, mas isso já é outro assunto. Para rodear-se de gente inteligente, porém, você precisa ser capaz de identificá-las corretamente. Uma das maneiras de fazer isso é entender a forma [...]

segunda-feira, 22 de março de 2010

Goa: O turismo internacional e o novo imperialismo

via Folhas de História by História - Mestra da Vida on 3/19/10
É um texto interessante e bem informado de Vikaram Gill sobre os desafios de turismo para Goa: http://www.geog.ubc.ca/~ewyly/students/gill.pdf

A Tecnologia em evolução exponencial está em vias de acabar com o Trabalho

via Um Homem das Cidades by Diogo on 3/20/10
O Aumento do Desemprego

No Wikipédia:

O desemprego estrutural é uma forma de desemprego onde existe um desequilíbrio permanente entre a oferta e a procura (de trabalhadores), que não é eliminado pela variação dos salários.

Resulta das mudanças da estrutura da economia. Estas provocam desajustamentos no emprego da mão-de-obra, assim como alterações na composição da economia associada ao desenvolvimento.

Esse tipo de desemprego é mais comum em países desenvolvidos devido à grande mecanização das indústrias, reduzindo os postos de trabalho.

O desemprego causado pelas novas tecnologias - como a robótica e a informática - recebe o nome de desemprego tecnológico. Ele não é resultado de uma crise económica, e sim das novas formas de organização do trabalho e da produção. Tanto os países ricos quanto os pobres são afectados pelo desemprego estrutural, que é um dos mais graves problemas de nossos dias.

A Evolução Exponencial da Tecnologia
Novamente no Wikipédia:

Em meados de 1965 o então presidente da Intel, Gordon E. Moore previu que o número de transístores dos chips duplicaria, pelo mesmo custo, a cada período de 18 meses. Essa profecia tornou-se realidade e ficou conhecida como a Lei de Moore.

Esta lei serve de parâmetro para uma elevada gama de dispositivos digitais além de CPUs, na verdade, qualquer chip está ligado a lei de Moore, até mesmo CCD de câmaras fotográficas digitais. Esse padrão continuou a manter-se até hoje.

O primeiro a arriscar uma teoria evolucionista sobre de hardware foi Alan Turing em 1950 que previu que no fim do século XX teríamos computadores com memórias na casa de 1 GigaBytes.

Em Suma

A tecnologia está a substituir exponencialmente o homem no trabalho. O velho paradigma do emprego está moribundo. É necessário reconhecer rapidamente esta mudança e, tirando partido desta nova fonte de trabalho, criar um mundo mais justo, mais redistributivo e mais humano.

domingo, 21 de março de 2010

Declarações do Rosa Coutinho

«Diário De Savimbi Em Posse Das FAA»

via universidade by Gil Gonçalves on 3/19/10


Lisboa - O malogrado líder da antiga rebelião armada, Jonas Malheiros Savimbi terá deixado as suas memórias concluídas e que terão sido apanhadas na esfrega do choque militar que envolveu a sua coluna e a unidade de elite do vigésimo batalhão das forças armadas angolanas (FAA), a 22 de Fevereiro de 2002, soube o Club-k.net de fonte familiarizada ao assunto.
Fonte: Club-k.net
Líder rebelde deixou dois volumes das suas memórias
De acordo com a fonte, as memórias encontravam-se em forma de manuscrito tendo o autor iniciado a escrever, a partir do Andulo, ao tempo em que o seu partido tinha transformado aquele município em bastião da UNITA. Até ao momento da sua morte, o líder da guerrilha trasia nos seus pertences pessoais "dois manuscritos consigo" e que cujo paradeiro "somente os soldados das FAA, envolvidos naquela operação militar poderão dar-vos a resposta", segundo disse a fonte que vimos fazer referencia.

A mesma conta que a primeira vez que o velho deu a conhecer que estava a escrever as suas memórias aconteceu no, Andulo, no decorrer de uma palestra em 1998 tendo revelado que o primeiro volume retrataria o inicio da luta armada até o ano de 1991 e a segunda parte faria uma incursão desde 1992 até os últimos dias.

Referendiado como tendo possuído, na Jamba, uma biblioteca pessoal com cerca de 3000 livros, Jonas Malheiro Savimbi é autor de diversas obras, como "a cartilha do guerrilheiro", editado em 1977, " A resistência em busca de uma nova nação", publicada em 1979, "Angola: por um futuro melhor" editado em 86, e o "guia pratico do quadro" que é uma síntese de lições elaboradas pelo mesmo e que serviram de livro de apoio no Centro de Estudos Kapesse Kafundanga, no seu antigo bastião.

Há também diversos livros sobre a sua vida, sendo o mais popular, "Savimbi: uma chave para África" escrito pelo jornalista e biografo Fred Bridland. Quando ambos se zangaram, Bridland tornou a escrever outro livro "mortes em África" retratando os episódios que levaram a tragédia do "caso Tito Chingunji".

Na década de 80 um escritor togolês Abodoli editou, em frances, um livro sobre Jonas Savimbi que é uma entrevista em que o falecido presidente da UNITA fala da sua trajetória e aborda a perspectiva do futuro. Recentemente o seu partido editou igualmente um livro em sua homenagem contendo entrevistas e discursos feitos entre 1976 a 91 por aquele que foi o fundador do movimento do "galo negro".

De realçar que está a ser preparada uma tese de doutoramento, sobre Jonas Savimbi e a UNITA, numa universidade britânica. O autor desta obra acadêmica é Justin Pierce, um connhecido jornalista da BBC que mora na África do Sul e que recentemente ficou largos meses no interior de Angola a desenvolver a sua pesquisa nas áreas onde terá passado Jonas Savimbi.

Ainda na senda de livros sobre a UNITA de Jonas Savimbi, apurou-se que o veterano Samuel Chiwale deste partido tem prontas o segundo volume das suas memórias e um outro dirigente Chipindo Bonga anuncio recentemente aos jovens da JURA que também esta a escrever a sua obra histórica.

terça-feira, 16 de março de 2010

Vítor Serrão defende preservação do património artístico em Goa

via Folhas de História by História - Mestra da Vida on 3/15/10
"Uma das prioridades da política da cultura deve ser descobrir, inventariar, estudar e defender este património espalhado pelo mundo", defendeu o catedrático, Prof. Doutor Vítor Serrão, abordando em particular o caso da arte luso-indiana no espaço do antigo império português. Entre Janeiro e Fevereiro de 2008, num projecto patrocinado pela Fundação Oriente, Vítor Serrão esteve pela [...]

BIMUS, Bibliotecas de museos

via e- Academia .es by javiersaez77 on 3/8/10

Red de Bibliotecas de Museos (BIMUS)A finales de 2009, el Ministerio de Cultura puso en marcha la Red de Bibliotecas de Museos (BIMUS), que ofrece al internauta la posibilidad de consultar online los catálogos de dieciocho bibliotecas de la Red a través de un Catálogo Colectivo, disponible en varios idiomas (español, gallego, catalán, euskera e inglés).

Entre los documentos que albergan estas bibliotecas, hay verdaderos tesoros bibliográficos por su antigüedad, rareza e interés para el estudio de la museología, la historia del arte, la arqueología, la antropología o las artes decorativas, entre otras disciplinas. Además del Catálogo Colectivo, BIMUS ofrece otros recursos como el acceso a los fondos digitalizados de la Biblioteca Virtual de Patrimonio Bibliográfico y en la Biblioteca Virtual de Prensa Histórica, junto a bases de datos (de sumarios o a texto completo), revistas electrónicas, repositorios institucionales y otros.

Hay varias formas de realizar una búsqueda en el Catálogo Colectivo en BIMUS:

  • Búsqueda simple o avanzada (existe la opción de elegir entre todas las bibliotecas o cualquiera de un museo específico).
  • Hemeroteca (solo revistas y artículos).
  • Fondo antiguo (cualquier documento anterior a 1959).
  • Nuevas adquisiciones (documentos adquiridos en los últimos tres meses).

Asimismo, tenemos la posibilidad de enlazar con otros catálogos españoles y extranjeros.

,

sexta-feira, 12 de março de 2010

Recife e Olinda festejam mais um aniversário em 2010

via 365 dias by Fabio Santos on 3/11/10
Recife 473 anos, Olinda 475 anos. Morar em duas cidades litorâneas como estas tem o seu charme. Praias abundantes, cultura em ebulição, povo cordial e história, muita história.
Olinda foi no passado a principal cidade de Pernambuco, ainda no período das capitanias hereditárias, perdendo este status para Recife. Hoje, apesar de ter perdido o brilho econômico, Olinda é famosa mundialmente pelo seu carnaval, por suas ladeiras históricas, casarões e igrejas.
Não é a toa que a cidade foi declarada pela Unesco como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.
Recife e Olinda
Recife e Olinda, por Pedro Valadares
Recife por sua vez, é hoje a principal cidade do estado de Pernambuco. Com sua pujança baseada especialmente em serviços, oferece ampla variedade shoppings, universidades e prédios históricos, com destaque para o bairro do Recife Antigo.
É uma cidade de grande concentração populacional, onde predominam bairros e comunidades populares. É uma cidade referência no nordeste em diversos setores como saúde, comércio e tecnologia da informação.
Apesar dos problemas inerentes as grandes cidades, Recife e Olinda possuem um charme característico de cidades históricas. O presente que não esquece o passado, as tradições e as raízes culturais. Neste 12 de março, parabéns Recife e Olinda!
Veja mais:
Posts relacionados:

quarta-feira, 10 de março de 2010

Modelo 3 do IRS pode ser entregue on-line a partir de hoje

«Os contribuintes que em 2009 tenham recebido rendimentos do trabalho dependente e/ou de pensões podem a partir de hoje entregar on-line a declaração de rendimentos Modelo 3 do IRS.»

Fonte: Notícias do Sapo de 10Mar2010

terça-feira, 9 de março de 2010

“Arquivos do Ultramar”

Nota Pessoal:

Convido-os a visitar este arquivo. Está ali apenas uma muito reduzida parte dos últimos anos de Portugal: do Portugal autêntico e único, o que vai (ou ia) do Minho a Timor. Ali contam-se histórias de dignidade, de honra, de patriotismo... trata-se de um tempo em que Portugal era PORTUGAL. E, que os Portugueses de todas as latitudes e etnias (os vivos e os mortos) têm (terão de ter) imenso orgulho.
Rui Moio

via Memória Virtual by Leonel Vicente on 2/25/10
Na sequência de projecto lançado em 2006 pelo historiador José Mattoso, com apoio da Fundação Gulbenkian – e visando «resgatar a memória histórica da presença portuguesa no Ultramar, localizando e descrevendo a documentação hoje dispersa por diversos organismos» – encontra-se já disponível o "Arquivos do Ministério do Ultramar", reunindo documentação emitida entre 1930 e 1974 no âmbito da acção do Ministério do Ultramar.

Cómo sabemos de qué están compuestos los astros

via Entendiendo la Astronomía by Tomás on 3/5/10
¿Cómo es posible que los astrónomos sepan de qué están compuestos los astros? En principio parece "cosa de brujería", que díría Don Quijote, porque si no podemos tomar una muestra y analizarla tenemos un problema muy gordo. Además, nos puede surgir otra duda: ¿serán los mismo elementos químicos que ya conocemos en la Tierra, o serán otros diferentes y extraños para nosotros? Aparentemente son preguntas imposibles de responder, pero por suerte no es así. Conocemos perfectamente de qué están compuestos los astros, y además, sabemos con seguridad que los elementos químicos extraterrestres son los mismos que podemos encontrar aquí. Quizá queráis saber cómo.

Lo único que nos llega de los astros es su radiación, su luz, así que sin duda por ahí debe estar la respuesta. ¿Pero qué hay en la luz que nos indique la composición química del cuerpo que la emite? Tendremos que analizar la luz. Algo en sus tripas debe darnos esa información.

El primero que dio un paso en ello fue Isaac Newton, al comprobar que la luz visible se descompone en los colores del arcoiris al atravesar un prisma. Nuestra familiar luz "blanca" proviniente del Sol resulta de la combinación de colores, reducidos a la famosa cantinela de rojo, naranja, amarillo, verde, azul, añil y violeta. A la descomposición de la luz le llamaremos espectro.

Si a ese prisma le añadimos unas finas rendijas y le colocamos unas lentes de aumento podremos examinar al detalle el espectro. Habremos construído un espectroscopio. Eso fue lo que hizo Fraunhoffer, y encontró que el espectro, aparentemente continuo, tenía en realidad estrechas franjas negras, carentes de color.

Pronto empezó a experimentar con ello: las franjas oscuras no eran las mismas si analizaba el espectro del Sol o el de la llama de una vela.

Pronto se descubrió que si secalentaba lo suficiente un cuerpo, emitía luz con un espectro contínuo, sin ninguna franja. Lo siguiente fue analizar la luz resultante de ese espectro continuo pero tras colocar en medio una fina película compuesta por un elemento químico concreto. La sorpresa fue que en estos casos el espectro emitido era diferente: todo negro excepto algunas franjas con color. Pero lo más importante fue que cada elemento químico del que se analizara el espectro proporcionaba unas franjas visibles del espectro diferentes al resto. Pronto se elaboró una especie de catálogo de lineas espectrales correspondientes a cada elemento químico. Cada elemento tenía ya sus huellas dactilares.

De esta forma, si colocamos un espectroscopio en un telescopio, descompondremos el espectro de luz del astro al que apuntemos, y comparando las lineas oscuras con las obtenidas en laboratorio para cada elemento, sabremos qué elementos químicos se encuentran presentes en él. Ahí lo tiene usted, Don Quijote, que ahora parece ya cosa de ciencia.

Si ahondamos un poco más en este fenómeno, el hecho de que un elemento químico concreto genere unas lineas espectrales está relacionado con la constitución de sus átomos. Cuando un átomo recibe radiación (como pueda ser la luz) algunos de sus electrones adquieren más energía y "saltan" a estado energéticos mayores, o cuantos. La energía que ganan corresponde a una parte del espectro de la luz incidente sobre el átomo, es decir, que en el espectro aparecerá una linea negra. Al contrario, cuando pierden esa energía y vuelven a su cuanto en el que resultaban estables los electrones, emiten esa pequeña franja del espectro. Gracias a la espectroscopía se empezó a entender el átomo, con el modelo de Bohr.

Si tu mente inquieta no está saciada, que sepas que puedes hacerte un espectroscopio casero y pasar los resultados al Visual Spec (gratuito) para determinar qué elementos se encuentran en el cuerpo emisor de la luz.

Sismo faz 57 mortos

«Um terramoto de magnitude 6.0 na Escala de Richter atingiu ontem a província turca de Elazig, causando a morte a pelo menos 57 pessoas e ferimentos a dezenas.»

Fonte: Correio da Manhã de 09Mar2010

sábado, 6 de março de 2010

"Éstá na hora de subir a reforma"

«Cortar na despesa, nos grandes investimentos públicos e reduzir as prestações sociais com alterações nas reformas são alguns dos pontos que devem constar do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), de acordo com vários economistas contactados pelo Correio da Manhã.»

Fonte: Correio da Manhã de 06Mar2010

Arroz Carreteiro - 05/03/2010

Nota Pessoal

Não é o prato, certamente muito gostoso, que eu recomendo... Recomendo sim, e vivamente que se deliciem com o português mineiro!... E este como outros falares do Brasil e de Angola e de Moçambique e de São Tomé e de Cabo Verde e da Guiné-Bissau e de Goa e de Timor são o português do futuro.
Aqui nestas terras, fala-se o português do futuro e faz-se o Portugal do futuro. E isto, mesmo que a antiga metrópole, venha a ser, mais década, menos década, anexada pela Espanha.
Rui Moio

Arroz Carreteiro - 05/03/2010
via Dicas e Truques by Irmã Maria on 3/5/10
A PazSenhor amados.

Vamus faze hoje uma bela comida mineira? Que tal um arroz carreteiro? Eita trem bom sô!

1 embalagem de Bacon em Cubos (140 g), 3 cuiéres (sopa) de Óio, 3 cuiéres (sopa) de Margarina Cremosa, 1 cebola grande picada, 3 dentes de aio, 300 g de coxão mole cortado em cubos, 3 tabletes de caldo de carne dissolvido em 3 litros de água, 200 g de Lingüiça Calabresa Defumada em rodelas, 100 g de Paio em rodelas, 1 lata de moio de tomate (340 g), 1 pimentão vermeio picado, pimenta verde picada a gosto, louro, orégano, pimenta, cominho e sal a gosto, 400 g de arross, 10 ovos, maço de salsinha picada



Numa panela grande e baixa, frite o bacon no óio. Acrescente a margarina, a cebola e o aio e deixe dourá. Junte os cubos de coxão mole e, quando estiverem bem refogados, acrescente a água com o caldo de carne e deixe cozinha. Quano a carne amolecê, junte a linguiça, o paio, o moio de tomate, o pimentão e a pimenta verde e tempere a gosto com o louro, o orégano, a pimenta, o cominho e o sal. Deixe cozinhá por cerca de 15 minutos, coloque o arross e deixe inté que cozinhe (se tive secano, acrescente mais água). Quano o arross tivé quase seco e já cozido, quebre os ovos sobre a panela, inté cobri todo o arross. Tampe a panela, deixe por mais 5 minutos e desligue o fogo - os ovos acabarão de cozinha no vapô. Polvilhe a salsinha e sirva na própria panela.

Dica: Os temperos pé sê trocados de acordo com a disponibilidade e preferência.

PazSenhô!

sexta-feira, 5 de março de 2010

5 de Março - as histórias deste dia

via SAPO Videos RSS: nestedia - Neste Dia by nestedia on 3/4/10

Autor: nestedia

5 de Março - as histórias deste dia


Visite os vídeos de nestedia

quarta-feira, 3 de março de 2010

Maravilhas para todos os tamanhos (COM VÍDEO)

«'Alice' herdou do pai uma qualidade ímpar: mesmo antes do pequeno-almoço, ela já conseguiu pensar em seis coisas impossíveis. Uma: que há líquidos capazes de encolher uma pessoa; duas: que há um bolo que faz crescer... entre outras loucuras que se desvendam neste estranho mundo de Lewis Carroll, reinventado por Tim Burton. 'Alice no País das Maravilhas' chega amanhã aos cinemas e é o filme mais esperado do ano.»
Fonte: Correio da Manhã de 03Mar2010

segunda-feira, 1 de março de 2010

Os adolescentes não são imortais

via Portal Rede Psicologia by Jorge Alves on 2/28/10
Os adolescentes não são imortais Existe o mito de que os adolescentes se julgam imortais e/ou invencíveis, contudo um estudo revela que não é este o caso. No referido estudo foi pedido a adolescentes americanos entre 14 e 18 anos que fizessem uma estimativa da probabilidade que tinham de morrer no ano a seguir. Também foram inquiridos [...]

(Nota: Clique no titulo para ler o post/artigo completo.)

A cor vermelha aumenta a atracção feminina

Nota pessoal

Para mim, a primeira cor é o vermelho, melhor, o grená. E, isto, para os cortinados compridos a ocupar todo o pé direito, para a cor preferida dos automóveis, para a cor dos estofos dos sofás e das cadeiras da mobília da sala de jantar, para vestidos, saias ou blusas de mulher e para a roupa interior feminina. O grená encanta-me!...
Rui Moio

via Portal Rede Psicologia by Jorge Alves on 2/27/10
A cor vermelha aumenta a atracção sentida por homens em relação a mulheres, é essa a conclusão de um estudo. Nas experiências realizadas, a cor vermelha levou os homens a sentirem-se mais atraídos e a perceberem as mulheres como mais desejáveis sexualmente, quando em comparação com outras cores. Tal achado relacionado com a cor vermelha corrobora estudos [...]

(Nota: Clique no titulo para ler o post/artigo completo.)

Related Posts with Thumbnails