quinta-feira, 30 de novembro de 2006

Memórias de um Guerrilheiro de Alcides Sakala - Índice

Prefácio – Alcides Sakala, o rosto da dignidade e da tolerância de Maria Antónia Palla

Introdução

Dezembro de 1998 - Andulo
As declarações do General Higino Carneiro

Quinta-feira, 7 de Outubro de 1999
8 de Outubro de 1999 – Andulo
Domingo, 17 de outubro de 1999 – Andulo
Segunda-Fdeira, 18 de Outubro de 1999 – Andulo
Finais de outubro de 1999 – Aldeia de Hundo, Rio Kunhinga
Aldeia de Hundo
Primeira quinzena de Novembro de 1999 – Rio Kunhinga
Segunda quinzena de Novembro de 1999 – Rio Kassuma
Dezembro de 1999 – Norte do município do Cuemba, Aldeia de Chanji

Fevereiro de 2000 – Base de Chanji
Abril de 2000 – Chanji
Terça-Feira, 4 de Maio de 2000 – Rio Munhango
Maio de 2000 – Rio Mahanda
Segunda-feira, 15 de Maio de 2000 – Rio Sémen
Sexta-feira, 19 de Maio de 2000 – Rio Sémen
Junho de 2000, Rio Bakuime
Junho e Agosto de 2000 – Rio Hindi
Sábado, 16 de Setembro de 2000 – Rio Hindi
Sábado, 17 de Setembro de 2000 – Rio Katuma
Segunda-feira, 18 de setembro de 2000 – Rio Makoçongo
Terça-feira, 19 de setembro de 2000 – Rio Tiengo
Quarta-feira, 20 de setembro de 2000 – Rio Tiengo
Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2000 – Rio Tiengo
Sexta-feira, 22 de Setembro de 2000 – Tio Tiengo
Sábado, 23 de Setembro de 2000 – Rio Tiengo
Domingo, 24 de setembro de 2000 – Rio Tiengo
Segunda-feira, 25 de Setembro de 2000 – Rio Zonde
Terça-feira, 26 de Setembro de 2000 – Rio Zonde
Quinta-feira, 28 de Setembro de 2000 – Rio Zonde
Sexta-feira, 29 de setembro de 2000 – Rio Zonde
Sábado, 29 de Setembro de 2000 – Rio Zonde
30 de setembro de 2000 – Rio Kuonono
Sexta-feira, 1 de outubro de 2000 – Rio Kuonono
Terça-feira, 3 de outubro de 2000 – Rio Masari
Quarta-feira, 4 de outubro de 2000 – Rio Luelo
Quinta-feira, 5 de Outubro de 2000 – Rio Baluelo
Sexta-feria, 6 de Outubro de 2000 – Rio Baluelo
Domingo, 8 de Outubro de 2000 – Rio Silimane
Terça-feira, 10 de Outubro de 2000 – Rio Silimane
Quarta-feira, 11 de Outubro de 2000 – Rio Silimane
Quinta-feira, 12 de Outubro de 2000 – Rio Makanda
Sexta-feira, 13 de outubro de 2000 – Rio Makanda
Segunda-feira, 16 de Outubro de 2000 – Rio Uchi
Terça-feira, 17 de Outubro de 2000 – Rio Uchi
Quarta-feira, 18 de outubro de 2000 – Rio Catete
Quinta-feira, 19 de Outubro de 2000 – Rio Catete
Domingo, 22 de Outubro de 2000 – Rio Catete
Domingo, 22 de Outubro de 2000 – Rio Tiola
Segunda-feira, 23 de Outubro de 2000 – Rio Honda
Terça-feira, 24 de Outubro de 2000 – Rio Chimue, próximo de aldeia de Goma
Quarta-feira, 25 de Outubro de 2000 – Rio Chimue
Quinta-feira, 26 de Outubro de 2000 – Rio Chimue
Sexta-feira, 27 de Outubro de 2000 – Rio Bakuma
Sábado, 28 de outubro de 2000 – Rio Bakuma
Domingo, 28 de outubro de 2000 – Rio Bakuma
Novembro e Dezembro de 2000 – Área do Munhango

Domingo, 8 de Abril de 2001 – Rio kunguene
Quarta-feira, 12 de abril de 2001 – Rio Kunguene
Domingo, 15 de Abril de 2001 – Rio Kunguene
Segunda-feira, 16 de Abril de 2001 – Rio Lutuvei
Terça-feira, 17 de Abril de 2001 – Rio Lutuvei
Quarta-feira, 18 de Abril de 2001 – Rio Lutuvei
Sábado, 22 de Abril de 2001 – Rio Kassamba
Quinta-feira, 20 de Abril de 2001 – Rio Lutuvei
Sexta-feira, 27 de Abril de 2001 – Rio Lusse
Sábado, 28 de Abril de 2001 – Rio Lusse
Segunda-feira, 1 de Maio de 2001 – Rio Nhama
Sexta-feira, 6 de Julho de 2001 – Rio Lufuta
Sábado, 7 de Julho de 2001 – Rio Lufuta
Domingo, 8 de Julho de 2001 – Rio Lutembo
Segunda-feira, 9 de Julho de 2001 – Um afluente do rio Luio e na travessia
Terça-feira, 10 de Julho de 2001 – Afluente do rio Luio
Quarta-feira, 11 de Julho de 2001 – Rio Lucuta
Quinta-feira, 12 de Julho de 2001
Sábado, 14 de Julho de 2001 – Rio Luambula
Segunda-feira, 16 de Julho de 2001 – Rio Luambula
Terça-feira, 17 de Julho de 2001 – Rio Luambula
Sexta-feira, 20 de Julho de 2001 – Rio Lombua
Sábado, 21 de Julho de 2001
Sábado, 21 de Julho de 2001 – Rio Numbué
Domingo, 22 de Julho de 2001 – Rio Cassamba
Terça-feira, 24 de Julho de 2001 – Rio Lua
Quarta-feira, 25 de Julho de 2001 – Rio Lua
Quinta-feira, 26 de Julho de 2001 – Rio Chituto
Sexta-feira, 27 de Julho de 2001 – Rio Muvui
Sábado, 28 de Julho de 2001 – Rio Luconha
Domingo, 29 de Julho de 2001 – Rio Chama
Terça-feira, 31 de Julho de 2001 – Rio Luachir
Quarta-feira, 1 de Agsoto de 2001 – Rio Luachir
Quinta-feira, 2 de Agosto de 2001 – Rio Luachir
Sexta-feira, 3 de Agosto de 2001 – Rio Luachir
Domingo, 5 de Agsoto de 2001 – Rio Luachile
Terça-feira, 7 de Agsot de 2001 – Rio Luachile
Quarta-feira, 8 de Agosto de 2001 – Rio Luachile
Quinta-feira, 9 de Agsot de 2001 – Rio Luachile
Domingo, 12 de Agosto de 2001 – Rio Luachile
Terça-feira, 14 de Agosto de 2001 – Rio Luachile
Quarta-feira, 15 ? 16 de Agosto de 2001 – Rio Luachile
Sexta-feira, 17 deAgsto de 2001 – Rio Luachile
Sábado, 18 de Agosto de 2001 – Rio Lutuai
Segunda-feria, 20 de Agosto de 2001 – Rio Lutuai
Terça-feira, 21 de Agosto de 2001 – Rio Lutuai
Quarta-feira, 22 de Agosto de 2001 – Rio Lutuai
Quinta-feira, 23 de Agosto de 2001 – Rio Lutuai
Sexta-feira, 24 de Agosto de 2001 – Rio Lutuai
Sábado, 25 de Agosto de 2001 – Rio Chituai
Domingo, 26 de Agosto de 2001 – Rio Chituai
Segunda-feira, 27 de Agosto de 2001 – Rio Chituai
Terça-feira, 28 de Agosto de 2001 – Rio Chitaia
Quarta-feira, 29 de Agosto de 2001 – Rio Chimue
Quinta-feira, 30 de Agosto de 2001 – Rio Lutuai
Sábado, 1 de Setembro de 2001 – Rio Lutuai
Domingo, 2 de Setembro de 2001 – Rio Lutuai
Segunda-feira, 3 de Setembro de 2001 – Rio Manhungo
Terça-feira, 4 de Setembro de 2001 – Rio Manhungo
Quarta-feira, 5 de Setembro de 2001 – Rio Manhungo
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2001 – Rio Manhungo
Sábado, 8 de Setembro de 2001 – Rio Mahungo
Segunda-feira, 9 de Setembro de 2001 – Rio Mahungo
Terça-feira, 11 de setembro de 2001 – Rio Mahungu
Quinta-feira, 13 de Setembro de 2001 – Rio Mahungu
Sexta-feira, 14 de Setembro de 2001 – Rio Mahungu
Sábado, 15 de Setembro de 2001 – Rio Lutuai
Segunda-feira, 17 de Setembro de 2001 – Rio Lutuai
Terça-Feira, 18 de Setembro de 2001 – Rio Samba
Quinta-feira, 19 de Setembro de 2001 – Rio Bambi ( a data está errada ?)
Sábado, 22 de Setembro de 2001 – Rio Samba
Domingo, 23 de Setembro de 2001 – Rio Samba
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2001 – Rio Samba
Terça-feira, 25 de Setembro de 2001 – Rio Samba
Sábado, 29 de Setembro de 2001 – Rio Samba
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2001 – Rio Samba
Quinta-feira, 3 de Outubro de 2001 – Rio Samba
Sexta-feira, 5 de Outubro de 2001 – Rio Samba
Domigo, 7 de Outubro de 2001 – Rio Kabangui (deve tratar-se do rio Kubanguí)
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2001 – Rio Kubanguí
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2001 – Rio Lufuta
Domingo, 14 de Outubro de 2001 – Rio Lufuta
Terça-feira, 16 de Setembro de 2001 – Rio Chifuto
Sábado, 20 de Outubro de 2001 – Rio Kubangui
Domingo, 21 de Outubro de 2001 – Rio Kubangui
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2001 – Rio Kubangui
Terça-feira, 23 de Outubro de 2001 – Rio Lunge-Bungo
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2001 – Rio lungue-Bungo
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2001 – Rio Chiama
Sábado, 27 de Outubro de 2001 – Rio Chiama
Domingo, 28 de outubro de 2001 – Rio Chiama
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2001 – Rio Mavue
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2001 – Rio Cólua
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2001 – Rio Coluo
Domingo, 4 de Novembro de 2001 – Rio Colua
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2001 – Rio Longa
Terça-feira, 6 de Novembro de 2001 – Rio Longa
Quinta-feira, 7 de Novembro de 2001 – Rio Longa
Quinta-feira, 8 de Novembro de 2001 – Rio Longa
Domingo, 11 de Novembro de 2001 – Rio Longa
Terça-feira, 13 de Novembro de 2001 – Rio Longa
Quinta-feira, 14 de Novembro de 2001 – Rio Longa
Sexta-feira, 16 de novembro de 2001 - Rio Longa
Sábado, 17 de novembro de 2001 - Rio Longa
Domingo, 18 de Novembro de 2001 – Rio Longa
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2001 - Rio Lukuaco
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2001- Rio Lukuaco
Quinta-feira, 21 de Novembro de 2001 - Rio Lukuaco
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2001 - Rio Lukuaco
Sexta-feira, 13 de Novembro de 2001 – Rio Lukuaco
Domingo, 25 de Novembro de 2001 – Rio Lukuaco
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2001 – Rio Chijaneta
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2001 - Rio Chijaneta
Quinta-feira, 29 de Novembro de 2001 – Rio Serração
Sábado, 1 de Dezembro de 2001 – Rio Lutumi
Domingo, 2 de Dezembro de 2001 – Rio Lutumi
Segunda e terça-feira, 3 e 4 de Dezembro de 2001 – Rio Chibondo
Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2001 – Rio Chibondo
Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2001 – Rio Chibondo
Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2001 – Confluência do Rio Chibondo e Lungue-Bungo
Sexta-feira. 8 de dezembro de 2001 – Rio Tuaza
Sábado, 9 de Dezembro de 2001 – Rio Munagai
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2001 – Rio Muangai
Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2001 – Rio Muangai
Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2001 – Rio Mahungo
Domingo, 23 de Dezembro de 2001 – Conlfuência do Rio Chama e Lutuei

Domingo, 6 de Janeiro de 2002 – Rio Chama
Quinta-feira, 9 de Jnaeiro de 2002 – Rio Chiussi
Sábado, 11 de Janeiro de 2002 – Rio Chiussi
Domingo, 12 de Janeiro de 2002 – Rio Chiussi
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2002 – Rio Chiussi
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2002 – Rio Chatuika
Domingo, 20 de Jnaeiro de 2002 – Rio Chatuika (?)
Quarta-feira, 23 de Jnaeiro de 2002 – Rio Kavita
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2002 – Rio Musai
Sábado, 26 de Jnaeiro de 2002 – Rio Chimui
Quarta-feira, 29 de Janeiro de 2002 – Rio Luvunda
Quinta-feira, 30 de Janeiro de 2002 – a 3 horas do rio Luvunda
Sexta-feira, 31 de Janeiro de 2002 – Rio Luvunda
Sábado, 1 de Fevereiro de 2002 – Rio Luvunda
Domingo, 10 de Fevereiro de 2002 – Rio Lua, Vila Kassamba
Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2002 – Rio Luvuei
Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2002 – Rio luvuei
Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2002 – Rio Luvuei
Domingo, 17 de Fevereiro de 2002 – Rio Luvuei
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2002 – Rio Luvuei
Quarta-feira. 20 de Fevereiro de 2002 – Rio Chimuzi
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2002 – Rio Chimuzi
Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2002 – Rio Luzi
Sábado, 23 de fevereiro de 2002 – Rio Luzi
Domingo, 24 de Fevereiro de 2002 – Rio Luzi
Terça-feira, 26 de fevereiro de 2002
Quarta-feira- 27 de Fevereiro de 2002 – Rio Luzi
Domingo, 2 de Março de 2002 – Rio Cachimba
Segnda-feira, 4 de Março de 2002 – Rio Cachimba
Terça-feira, 5 de Março de 2002 – estrada Cassamba/Muangai
Sexta-feira, 8 de Março de 2002 – Rio Luzi
Sábado, 9 de Março de 2002 – Rio Luzi
Quarta-feira, 13 de Março de 2002 – Rio Luzi
Sexta-feira, 15 de Março de 2002 – Rio Luzi
Sábado, 16 de Março de 2002 – Rio Luzi
Segunda-feira, 17 de Março de 2002 – Rio Luzi
Segunda-feira, 18 de Março de 2002 – Corredor entre os rios Luzi e Luconha
Conclusão

Índice de autoria de RUI MOIO

Afonso já cumpre funções

Monarquia - jantar de conjurados

Fonte: Correio da Manhã de 30Nov2006

Reformas acima de 596 euros penalizadas

Segurança Social - 3,1% para pensões mais baixas
Fonte: Correio da Manhã de 30NOv2006

Material radioactivo em aviões britânicos

Reino Unido - Investigações após morte de ex-espião

Fonte: Correio da Manhã de 30Nov2006

quarta-feira, 29 de novembro de 2006

Fritz Birzer e porvável última foto de Mussolini

Milano, 25 aprile 1945 - Mussolini rientra in Prefettura dall'Arcivescovado dopo il fallito incontro con i dirigenti del CLNAI. Alla sua destra il tenente delle SS Fritz Birzer, capo della sua scorta. Alle sue spalle Mario Bassi, capo della Provincia. Mussolini ha in mano la "Storia di San Benedetto", dono del cardinale Schuster. E' con ogni probabilità l'ultima foto del dittatore da vivo.
Da "Storia fotografica della RSI" - Bollati Boringhieri, Torino 2001

Cronologia do Fascismo e do Nazismo

1919, 1920, 1921, 1922, 1923, 1924, 1925, 1926, 1927, 1928, 1929, 1930, 1931, 1932, 1933, 1934, 1935, 1936, 1937, 1938, 1939, 1940, 1941, 1942, 1943, 1944, 1945

Fonte: http://www.anpi.it/milano/mussolini_250445.htm

Baleias-de-bossa têm neurónios idênticos aos humanos

Fonte: CiênciaHoje de 28Nov2006

Bush enaltece Portugal

Cimeira da Nato - Afeganistão preocupa

Fonte: Correio da Manhã de 29Nov2006
Nota Pessoal:
As declarações de Bush foram proferidas em Riga capital da Letónia onde de realiza uma cimeira da NATO para tratar de assuntos relativos ao Afganistão.
Ontem chegou a Ankara o Papa Bento XVI tendo sido recebido no aeroporto pelo Primeiro-Ministro turco que para o receber atrasou nalguns minutos a partida para a Letónia. Dias antes, o Primeiro-Ministro turco manifestara indisponibilidade de agenda para poder receber o Papa por ter de se deslocar a Riga para assistir á referida cimeira da Nato.
Rui Moio

Esteves assume autoria da bomba de Camarate

Justiça - morte de Sá Carneiro e Amaro da Costa

Fonte. Correio da Manhã de 29nov2006

terça-feira, 28 de novembro de 2006

Bento XVI diz não a blindado

Visita sob o signo da segurança
Fonte: Correio da Manhã de 28Nov2006

Santana ganha 27 mil

Venda de 15 mil exemplares

Fonte: Correio da Manhã de 28Nov2006

segunda-feira, 27 de novembro de 2006

O render da guarda junto à porta de Brandeburgo antes de 1989

Video Description

Gro��er Wachaufzug der Nationalen Volksarmee der DDR an der Neuen Wache, Berlin.

Fonte: Combustões

Mário Cesariny - Um grande poeta, pintor e português

«Várias figuras do Estado português e da cultura consideraram Mário Cesariny como um dos grandes poetas portugueses do século XX, lamentando a sua morte, na madrugada de domingo, aos 83 anos»
Fonte: Visaoonline 27Nov2006

Casa Museu - Dr Anastácio Gonçalves

Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves

http://193.41.115.20/default.asp?HSPagina=Planta&HBLingua=PT

EMail enviado por moio

sexta-feira, 24 de novembro de 2006

Investigadores portugueses no estrangeiro com mais oportunidades

http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=16933&op=all

Fonte: Rev. CiênciaHoje 23Nov2006

Uma hora de filme

Mais de 1h00 de filme
Reparem no logótipo da empresa americana produtora de tão bons filmes

http://video.google.com/videoplay?docid=1683547850740263667

Viagem do Presidente Américo Tomás a Angola (1963)

Finalmente, já no final da tarde e sozinho no gabinete, passei em revista um livro sobre a viagem presidencial de Américo Tomás a Angola e S. Tomé e Príncipe realizada em 1963.
Lembro-me da recepção em Sá-da-Bandeira e da longa manifestação dos mocitários, na qual me integrei com archotes na mão. Descemos a avenida do liceu Diogo Cão até ao largo dos Palácios do Governador e do Comércio.
Como me parecem distantes estes tempos!... Era eu uma criança ainda.

Rui Moio. Jornal Íntimo de 23Nov2006

Estremoz inaugura pêndulo de Foucault

http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=16929

Fonte: Rev. CiênciaHoje de 23Nov2006

quinta-feira, 23 de novembro de 2006

Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Biblioteca Central - sala de leitura Virtual
http://www.letras.up.pt/sdi/por/sdi_bc14.htm

Universidade de Aveiro - recursos electrónicos

http://www.doc.ua.pt/bibdigi/directorio/recursos.asp?CatID=74 - [Vários recursos electrónicos]

outros recursos web: Bibliografias / Catálogos de Editores . Jornais . Manuais / Tutoriais / Guias . Normas / Patentes . Sites institucionais .

Biographical Dictionary

http://www.s9.com/ - Base de Dados de Biografias de individualidades

«Welcome to the Biographical Dictionary!
This dictionary covers more than 33,000 notable men and women who have shaped our world from ancient times to the present day.
Everyone can edit the biographies here, or even make their own. This leads to a constantly changing, and up to date resource.
The dictionary can be searched by birth years, death years, positions held, professions, literary and artistic works, achievements, and other keywords.»

Literatura e Cultura

http://www.letras.ufrj.br/litcult/
Revista Mulheres e Literatura
Revista Literatura e Cultura
Escritores brasileiros

Exposição A História da Cartografia


O rei voador

http://visaoonline.clix.pt/default.asp?CpContentId=332134
Visão nº. 716 de 23Nov2006
Contém várias fotografias de D. Duarte Duque de Bragança

segunda-feira, 20 de novembro de 2006

Luchino Visconti 1906-2006

Biografia Filmografia

Obsessão - 1942
A Terra Treme - 1948
Belissima - 1951
Noites Brancas - 1956
O Leopoardo - 1963 - Resumo do filme - Cineclube -Luchino Visconti: visão de mundo e visão de história -
A Morte em Veneza - 1971
Violência e Paixão - 1974
O Inocente - 1976

Agostinho da Silva revisitado, amanhã, na Faculdade de Letras

"UP celebra centenário do “Filósofo da Liberdade”

Fonte: CiênciaHoje de 16Nov2006

Inocente esteve preso 25 anos

ADN

Fonte: Correio da Manhã de 20Nov2006

Pensão vitalícia de 5724 euros

Subvenções - Orçamentados 240 423 euros para 2007

Fonte: Correio da MAnhã de 20nov2006

domingo, 19 de novembro de 2006

Arqueólogos podem ter achado tumba de imperador asteca


Fonte: recv. TecnoCientista de

"Neurônos-espelho" podem explicar autismo

http://tecnocientista.info/noticia_detalhe.asp?cod=3588
Fonte: rev. TecnoCientista de

Mário Sottomayor Cardia

http://combustoes.blogspot.com/2006/11/mrio-sottomayor-cardia.html
Blog - Combustões - post de Miguel Castelo Branco de 18Nov06

sábado, 18 de novembro de 2006

uPlayMe 0.7.0.53

Cuidado com o programa que pode danificar o sistema. faça cópias antes de o instalar.

«Note:Beta or prerelease software is not intended for inexperienced users, as the software may contain bugs or potentially damage your system. We strongly recommend that users exercise caution and save all mission-critical data before installing and/or using this software.»

«uPlayMe's software provides the simplest way to meet people through the music (and soon the videos) that you play with iTunes, Windows Media Player, Winamp, or any device supported by those players. After you download and register with uPlayMe, uPlayMe will work in the background while you do what you always do: play music. When it finds someone who is playing the same music as you, it will alert you and you can choose to look at your match's profile, view the other music they play, or send them an instant message or e-mail. uPlayMe does everything else automatically for you. Version 0.7.0.53 may include unspecified updates, enhancements or bug fixes.»

http://www.download.com/uPlayMe/3000-2169_4-10592155.html?tag=nl.e415
Donte. Download.com

sexta-feira, 17 de novembro de 2006

Luchino Visconti

www.blogger.com

Luchino Visconti

Luchino Visconti

Biografia Biografia
Filmografia
Obsessão
A Terra Treme
Belissima

Luchino Visconti

Biografia - Filmografia
Belissima - 1951 Obsessão - 1943 A terra Treme

Guiomar - conto de Rubem Fonseca


Conto inéditoRuben Fonseca acaba de lançar o volume de contos Ela e Outras Mulheres. Leia o inédito “Guiomar”


http://epoca.globo.com/edic/443/ineditofonseca.pdf
Fonte: Rev. Época de

Melhor só inventado



Fonte: Correio da Manhã de 17Nov2006

Questionário: Você entende os conceitos de Etiqueta?

http://edglobo.globo.com/pesquisas/quiz_epoca_210706.htm
Fonte: Rev. Época

Bancos têm de devolver juros

Governo aprova decreto-lei
http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=221352&idselect=11&idCanal=11&p=200
Fonte: Correio da Manhã de 17Nov2006

Falecimento Milton Friedam - Prémio Nobel de Economia



Fonte: CiênciaHoje de 16Nov2006

Ciência Viva - Sintra

http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=9683
Fonte: Rev. CiênciaHoje de 15Nov2006

quarta-feira, 15 de novembro de 2006

Começa exploração em navio de 2 mil anos


Mãe de 213 quilos já está em casa

Leandro enche pai de alegria

«Leandro, o bebé que nasceu sábado passado na Maternidade Alfredo da Costa, fruto de uma gravidez de risco, dado os 213 quilos da mãe, Ana Cristina Santos, de 33 anos, foi ontem para casa. À sua espera, em ambiente de grande alegria, estavam os irmãos, Tiago, 12 anos, Telmo, onze, e o pai, Rogério Santos, 28 anos, aquele que nos últimos nove meses mais sofreu por ver a companheira e o primeiro filho com a vida por um fio.»
Fonte_ Correio da MAnhã de 15Nov2006

Bibliotecas

UMA LISTA COM FONTES DE INFORMAÇÃO !!

Biblioteca Vaticana - biblioteca que possui um arquivo secreto: bav.vatican.va
Biblioteca Central - localize os livros das bibliotecas da UFRGS: www.biblioteca.ufrgs.br
Biblioteca del Congreso - item Expo Virtual mostra alguns tesouros dessa biblioteca argentina: http://www.bcnbib.gov.ar
Biblioteca do Senado Federal - sistema de busca nos 150 mil títulos da biblioteca: www.senado.gov.br/biblioteca
Biblioteca Mário de Andrade - acervo, eventos e história da principal biblioteca de São Paulo: http://www.prefeitura.sp.gov.br/mariodeandrade
Biblioteca Nacional de Portugal - apresenta páginas especiais com reproduções relacionadas a Eça de Queirós e a Giuseppe Verdi, entre outros: www.bn.pt
Biblioteca Nacional de España - entre as exposições virtuais, uma interessante coleção cartográfica do século 16 ao 19: www.bne.es
Biblioteca Nacional de la República Argentina - biblioteca, mapoteca e fototeca: www.bibnal.edu.ar
Biblioteca Nacional de Maestros - biblioteca argentina voltada para a comunidade educativa: www.bnm.me.gov.ar
Biblioteca Nacional del Perú - alguns livros eletrônicos, mapas e imagens: http://www.binape.gob.pe
Biblioteca Româneasca - textos em romeno e dados sobre autores do país: biblioteca.euroweb.ro
Biblioteca Virtual Galega - textos em língua galega, parecida com o português: bvg.udc.es Bibliotheca Alexandrina - conheça a instituição criada à sombra da famosa biblioteca, que sumiu há mais de 1.600 anos: www.bibalex.org/website
California Digital Library - imagens e e-livros oferecidos pela Universidade da Califórnia: californiadigitallibrary.org
Celtic Digital Library - história e literatura celtas: celtdigital.org
Círculo Psicanalítico de Minas Gerais - acervo especializado em psicanálise: http://www.cpmg.org.br/n_biblioteca.asp
Cornell Library Digital Collections - compilações variadas, sobre agricultura e matemática, por exemplo: moa.cit.cornell.edu
Corpus of Electronic Texts - história, literatura e política irlandesas: http://www.ucc.ie/celt
Crime Library - histórias reais de criminosos, espiões e terroristas: http://www.crimelibrary.com/ Educ.ar
Biblioteca Digital - em espanhol, apresenta livros e revistas de "todas as disciplinas": www.educ.ar/educar/superior/biblioteca_digital
Gallica - Bibliothèque Numérique - volumes da Biblioteca Nacional da França digitalizados: gallica.bnf.fr
Human Rights Library - mais de 14 mil documentos relacionados aos direitos humanos: www1.umn.edu/humanrts
IDRC Library - textos e imagens desse centro de estudos do desenvolvimento internacional: http://www.idrc.ca/library
Internet Ancient History Sourcebook - página dedicada à difusão de documentos da Antiguidade: www.fordham.edu/halsall/ancient/asbook.html
Internet Archive - guarda páginas da internet em seus diversos estágios de evolução: http://www.archive.org%20/
Internet Public Library - indica páginas em que se podem ler documentos sobre áreas específicas do conhecimento: http://www.ipl.org/
John F. Kennedy Library - sobre o presidente americano John F. Kennedy, morto em 1963: http://www.cs.umb.edu/jfklibrary
LibDex - índice para localizar mais de 18 mil bibliotecas do mundo todo e seus sites: http://www.libdex.com/
Lib-web-cats - enumera bibliotecas de mais de 60 países, mas o foco são os EUA e o Canadá: http://www.librarytechnology.org/libwebcats
Libweb - outro site de busca de instituições, com 6.600 links de 115 países: sunsite.berkeley.edu/Libweb
Mosteiro São Geraldo - livros e periódicos sobre história e literatura húngara, filosofia, teologia e religião: http://www.msg.org.br/
National Library of Australia - divulga periódicos australianos da década de 1840: http://www.nla.gov.au/
Oxford Digital Library - centraliza acesso a projetos digitais das bibliotecas da Universidade de Oxford: http://www.odl.ox.ac.uk/
Perseus Digital Library - dedicado a estudos sobre os gregos e romanos antigos: http://www.perseus.tufts.edu/ .es/
The Aerial Reconnaissance Archives - recém-lançado, site promete divulgar 5 milhões de fotos aéreas da Segunda Guerra Mundial: http://www.evidenceincamera.co.uk/
The British Library - além de busca no catálogo, tem coleções virtuais separadas por região geográfica: http://www.bl.uk/
The Digital Library - diversas coleções temáticas, como a de escritoras negras americanas do século 19: digital.nypl.org
The Digital South Asia Library - periódicos, fotos e estatísticas que contam a história do Sul da Ásia: dsal.uchicago.edu
The Huntington - grande quantidade de obras raras em arte e botânica: http://www.huntington.org/
The Math Forum - textos que se propõem a auxiliar no ensino da matemática: mathforum.org/library
The New Zealand Digital Library - destaque para os arquivos sobre questões humanitárias: http://www.sadl.uleth.ca/nz/cgi-bin/library
Treasures of Keyo University - um dos destaques é a reprodução da Bíblia de Gutenberg: http://www.humi.keio.ac.jp/treasures
Unesco Libraries Portal - informações sobre bibliotecas e projetos voltados para a preservação da memória: http://www.unesco.org/webworld/portal_bib
UOL Biblioteca - dicionários, guias de turismo e especiais noticiosos: http://www.uol.com.br/bibliot
UT Library Online - possui uma ampla coleção de mapas: http://www.lib.utexas.edu/
Bibliotecas virtuais Alexandria Virtual - acervo variado, de literatura a humor: http://www.alexandriavirtual.com.br/Bartleby.com - importantes textos, como os 70 volumes da "Harvard Classics" e a obra completa de Shakespeare: http://www.bartleby.com/
Bibliomania - 2.000 textos clássicos e guias de estudo em inglês: http://www.bibliomania.com/
Biblioteca dei Classici Italiani - literatura italiana, dos "duecento" aos "novecento": http://www.fausernet.novara.it/fauser/biblio
Biblioteca Electrónica Cristiana - teologia e humanidades vistas por religiosos: http://www.multimedios.org/
Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro - especializada em literatura em língua portuguesa: http://www.bibvirt.futuro.usp.br/
Biblioteca Virtual - Literatura - pretende reunir grandes obras literárias: http://www.biblio.com.br/
Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes - cultura hispano-americana: http://www.cervantesvirtual.com/
Biblioteca Virtual Universal - textos infanto-juvenis, literários e técnicos: http://www.biblioteca.org.ar/
Contos Completos de Machado de Assis - mais de 200 contos de Machado de Assis: http://www.uol.com.br/machadodeassis
Cultvox - serviço que oferece alguns e-livros gratuitamente e vende outros: http://www.cultvox.com.br/
Dearreader.com - clube virtual que envia por e-mail trechos de livros: www.dearreader.com
eBooksbrasil - livros eletrônicos gratuitos em diversos formatos: www.ebooksbrasil.com

iGLer - acesso rápido a duas centenas de obras literárias em português: www.ig.com.br/paginas/novoigler/download.html
International Children's Digital Library - pretende oferecer e-livros infantis em cem línguas: http://www.icdlbooks.org/
IntraText - textos completos em diversas línguas, entre elas o latim: http://www.intratext.com/
Jornal da Poesia - importante acervo de poesia em língua portuguesa, com textos de mais de 3.000 autores: http://www.secrel.com.br/jpoesia
Net eBook Library - biblioteca virtual com parte do acervo restrito a assinantes do site: netlibrary.net
Nuovo Rinascimento - especializado em documentos do

Renascimento italiano: http://www.nuovorinascimento.org/n-rinasc/homepage.htm
Online Literature Library - pequena coleção para ler diretamente no navegador:

MAVI - Musée Achéménide Virtuel et Interactif - musée virtuel qui permet d'accéder à une base de données qui rassemble et documente les objets d'époque achéménide (550 à 330 avant J.-C.) http://www.museum-achemenet.college-de-france.fr

http://album.revues.org/index6099.html - Diálogos de História Antiga DHA

Fonte: Universidade Aberta

Eine Nacht im Mai de Marika

Video Description

"Eine Nacht im Mai" 1940, Marika R��kk singt und tanzt aus der Film "Wunschkonzert".
!! Ich suche mehr Marika R��kk und Zarah Leander Filme zum digitalisieren auf YouTube, wenn Sie mich helfen k��nnen bitte Kontakt.!!!

Personal Message

Imagina-te só no meio daquela plateia de fascistas fardados a rigor e bebe a comunhão de sentimentos patrióticos e eróticos. Repara no piscar de olho púdico e no gritinho tão feminino que se segue.

E, sincroniza-te com os movimentos rítmicos da linda e jovem dançarina e da plateia. E, chora, chora... de comoção e de prazer.

terça-feira, 14 de novembro de 2006

Baterias são carregadas com água (vídeo)



Fonte: Rev. TecnoCientista de 13Nov2006

Cem anos de aviação



Fonte: rev. TecnoCientista de 13Nov2006

Gata dá luz a cachorrinhos, ao que parece



Fonte: Rev. TecnoCientista de 13Nov2006

A Lua está realmente morta?



Fonte: Rev. TecnoCientista de 13Nov2006

segunda-feira, 13 de novembro de 2006

A Bíblia, reescrita pela ciência

Pesquisas arqueológicas criam polêmica ao desmentir as versões mais aceitas dos relatos bíblicosMarcelo Ferroni

Fonte: rev. Época nº. 292 de 22Dez2003

Simulador Radioastronómico

Os segredos da Operação Vagô



Fonte: Correio da MAnhã de 09Nov2006

domingo, 12 de novembro de 2006

Teses (Canada)

http://www.collectionscanada.ca/thesescanada/index-f.html

«description :
Le portail Thèses Canada constitue un point central d'accès aux thèses canadiennes. Ce site permet d'effectuer des recherches dans AMICUS, catalogue national canadien en ligne, pour y trouver les notices bibliographiques de toutes les thèses de la collection des thèses de la Bibliothèque nationale du Canada, collection établie en 1965. Il permet surtout d'accéder, sans frais, au texte intégral des versions électroniques des thèses et des mémoires canadiens publiés du début de l'année 1998 au 31 août 2002.
notre point de vue :
Il s'agit d'un site exceptionnel permettant d'accéder à plusieurs milliers de thèses et mémoires, souvent rédigés en français. Cette initiative canadienne se distingue nettement des expériences de thèses en lignes menées dans les pays européens francophones. D'abord par sa centralisation: on est très loin de l'éparpillement constaté en France ou en Suisse (dans notre pays, il n'est guère aisé, dans le domaine historique par exemple, de s'y retrouver entre les projets des universités de Lyon 2, Lille 3, Rennes 1, Marne la Vallée ou encore Limoges). Ce regroupement sur un seul site de toutes les thèses peut également laisser espérer un suivi régulier, qui n'est pas forcément de mise sur les sites locaux: que devient le projet "ERAD" de Lyon 2, qui n'a plus été mis à jour depuis plusieurs mois?. Le site "Thèses Canada" se singularise ensuite par son choix du texte intégral, qui le différencie notamment du portail belge "BICTEL/e", visant à la mise en place d'un répertoire de publications électroniques (thèses et e-prints) des universités de la Communauté française de Belgique, mais qui se limite trop souvent à la mise en ligne des seules tables des matières. Enfin, il faut se féliciter du choix du format pdf, aisément téléchargeable (BICTEL/e a également fait ce choix, mais les pages de téléchargement sont inaccessibles pour certaines configurations d'ordinateurs), confortable pour l'utisateur et facilitant les citations. Un bel exemple à suivre.»

Teses (Canada)

http://www.collectionscanada.ca/thesescanada/index-f.html

«description :
Le portail Thèses Canada constitue un point central d'accès aux thèses canadiennes. Ce site permet d'effectuer des recherches dans AMICUS, catalogue national canadien en ligne, pour y trouver les notices bibliographiques de toutes les thèses de la collection des thèses de la Bibliothèque nationale du Canada, collection établie en 1965. Il permet surtout d'accéder, sans frais, au texte intégral des versions électroniques des thèses et des mémoires canadiens publiés du début de l'année 1998 au 31 août 2002.
notre point de vue :
Il s'agit d'un site exceptionnel permettant d'accéder à plusieurs milliers de thèses et mémoires, souvent rédigés en français. Cette initiative canadienne se distingue nettement des expériences de thèses en lignes menées dans les pays européens francophones. D'abord par sa centralisation: on est très loin de l'éparpillement constaté en France ou en Suisse (dans notre pays, il n'est guère aisé, dans le domaine historique par exemple, de s'y retrouver entre les projets des universités de Lyon 2, Lille 3, Rennes 1, Marne la Vallée ou encore Limoges). Ce regroupement sur un seul site de toutes les thèses peut également laisser espérer un suivi régulier, qui n'est pas forcément de mise sur les sites locaux: que devient le projet "ERAD" de Lyon 2, qui n'a plus été mis à jour depuis plusieurs mois?. Le site "Thèses Canada" se singularise ensuite par son choix du texte intégral, qui le différencie notamment du portail belge "BICTEL/e", visant à la mise en place d'un répertoire de publications électroniques (thèses et e-prints) des universités de la Communauté française de Belgique, mais qui se limite trop souvent à la mise en ligne des seules tables des matières. Enfin, il faut se féliciter du choix du format pdf, aisément téléchargeable (BICTEL/e a également fait ce choix, mais les pages de téléchargement sont inaccessibles pour certaines configurations d'ordinateurs), confortable pour l'utisateur et facilitant les citations. Un bel exemple à suivre.»

sábado, 11 de novembro de 2006

Rómulo de Carvalho - Exposição na Biblioteca Nacional

Catálogo resumido da exposição

Martha Gellhorn - The Face of War (1959)


«(2) Martha Gellhorn was with the United States troops that liberated Dachau in 1945. She later wrote about it in her book The Face of War (1959)I have not talked about how it was the day the American Army arrived, though the prisoners told me. In their joy to be free, and longing to see their friends who had come at last, many prisoners rushed to the fence and died electrocuted. There were those who died cheering, because that effort of happiness was more than their bodies could endure. There were those who died because now they had food, and they ate before they could be stopped, and it killed them. I do not know words to describe the men who have survived this horror for years, three years, five years, ten years, and whose minds are as clear and unafraid as the day they entered.
I was in Dachau when the German armies surrendered unconditionally to the Allies. We sat in that room, in that accursed cemetery prison, and no one had anything more to say. Still, Dachau seemed to me the most suitable place in Europe to hear the news of victory. For surely this war was made to abolish Dachau, and all the other places like Dachau, and everything that Dachau stood for, and to abolish it for ever»
Fonte: in http://www.spartacus.schoolnet.co.uk/GERdachau.htm

The Face of War - Amazon.com

Alberto Oliveira Pinto

- Cabinda e as construções da sua História, 1783-1887, de Alberto Oliveira Pinto. Lisboa, Dinalivro, 2006, 306p. + mapas e fotografias hors-texte (Col. Olhar a História).

Album - Revues.org

http://www.revues.org/docannexe/file/529/lettre85.html
ALbum des Sciences Sociales -

Calenda
http://www.revues.org/docannexe/file/529/lettre85.html#calenda
In www.revues.org

Estudo brasileiro encontra nova forma de combater a diabete


http://tecnocientista.info/noticia_detalhe.asp?cod=3459
Fonte:Rev. TecnoCientista de 9Nov2006

sexta-feira, 10 de novembro de 2006

Novas regras sobre líquidos nos aviões entram em vigor segunda-feira

UE
Fonte:Visãoonline de 30Out2006

Até sinceridade tem limites

http://tecnocientista.info/noticia_detalhe.asp?cod=3290
Fonte: Rev. TecnoCientista de 30Out2006

‘Eram tempos, eram tempos’

Entrevista a Saramago
Fonte_ Visão nº. 774 de 09Nov2006

Saramago e Grass ligados ao fascismo

Confissão: Prémios Nobel desvendam passado

«Os escritores José Saramago e o alemão Günter Grass, ambos prémios Nobel de Literatura, em 1998 e 1999, respectivamente, estiveram ligados aos regimes fascistas dos seus países.»
Fonte: Coreeio da Manhã de 11Nov2006

quarta-feira, 8 de novembro de 2006

Alcides Sakala

Os últimos dias de Jonas Savimbi na versão de quem o acompanhou
Diário de Notícias de 28Set2006

Público de 04Set2006

Entrevista a Alcides sakala

Democracia Liberal - Artigo de Orlando Castro

someone sent you a video!

Video Description

March of Izmir (Izmir Marsi) performed by the TSK Armoni Mizikasi accompanied by the clips of Karsiyaka, Konak, Izmir, and Mustafa Kemal Atat��rk, founder and the first President of modern Turkey.

March of Izmir

Video Description

March of Izmir (Izmir Marsi) performed by the TSK Armoni Mizikasi accompanied by the clips of Karsiyaka, Konak, Izmir, and Mustafa Kemal Atat��rk, founder and the first President of modern Turkey.

Personal Message

This video is awesome!

Thanks,
someone

To change or cancel your email notifications, go to your email options.

someone sent you a video!

YouTube™ – Broadcast Yourself

I want to share the following video with you:

Video Description

Waterloo - The Armies Marches & Their Calvary

Personal Message

This video is awesome!

Thanks,
someone

To change or cancel your email notifications, go to your email options.

Alcides Sakala paresenta o livro "Memórias de um Guerrilheiro"

Video Description

Alcides Sakala apresenta o seu livro na Funda����o M��rio Soares em Lisboa no dia 28-09-2006

Página do Alexandre

http://shuldiner.com.sapo.pt/porta.html

Morte de Kaulza de Arriaga


O homem mais alto do mundo visita o Rio

http://tecnocientista.info/noticia_detalhe.asp?cod=3393

terça-feira, 7 de novembro de 2006

Tradução

Foreignword - The Languase Site

Create website web design

http://www.bluevoda.com/

sábado, 4 de novembro de 2006

Promiscuidade é maior nos países ricos, diz estudo

http://tecnocientista.info/noticia_detalhe.asp?cod=3365
Pesquisa realizada pela London School of Hygiene and Tropical Medicine, de Londres
Fonte: rev. TecnoCientista de 03Nov2006
«Pesquisadores britânicos descobriram que as pessoas não estão perdendo a virgindade cada vez mais cedo, que a maior parte do sexo no mundo é feito por pessoas casadas e que não existe uma ligação sólida entre doenças sexualmente transmissíveis e promiscuidade.
O estudo será publicado nesta quarta-feira, como parte de uma série sobre saúde sexual e reprodutiva da revista britânica The Lancet.
A pesquisadora Kaye Wellings, da London School of Hygiene and Tropical Medicines e colegas analisaram dados de 59 países. »
Fonte: Rev. TecnoCientis de 01Nov2006

Derrubado o mito escandinavo

http://www.brusselsjournal.com/node/510

Contém gráficos que demonstram que a Irlanda e a Bélgica têm tido ní­veis de desenvolvimento superiores aos dos paises escandinavos.

Rui Moio

"PORTUGAL VALE A PENA"

Eu conheço um país que tem uma das mais baixas taxas de mortalidade de recém-nascidos do mundo, melhor que a média da União Europeia.
Eu conheço um país onde tem sede uma empresa que é líder mundial de tecnologia de transformadores e onde outra é líder mundial na produção de feltros para chapéus.
Eu conheço um país que tem uma empresa que inventa jogos para telemóveis e os vende para mais de meia centena de mercados e que também tem outra empresa que concebeu um sistema através do qual você pode escolher, pelo seu telemóvel, a sala de cinema onde quer ir, o filme que quer ver e a cadeira onde se quer sentar.
Eu conheço um país que inventou um sistema biométrico de pagamentos nas bombas de gasolina e uma bilha de gás muito leve que já ganhou vários prémios internacionais e que tem um dos melhores sistemas de Multibanco a nível mundial , onde se fazem operações que não é possível fazer na Alemanha, Inglaterra ou Estados Unidos, que fez mesmo uma revolução no sistema financeiro e tem as melhores agências bancárias da Europa (três bancos nos cinco primeiros).
Eu conheço um país que está avançadíssimo na investigação da produção de energia através das ondas do mar e que tem uma empresa que analisa o ADN de plantas e animais e envia os resultados para os clientes de toda a Europa por via informática.
Eu conheço um país que tem um conjunto de empresas que desenvolveram sistemas de gestãoinovadores de clientes e de stocks, dirigidos a pequenas e médias empresas.
Eu conheço um país que conta com várias empresas a trabalhar para a NASA ou para outros clientes internacionais com o mesmo grau de exigência...- Ou que desenvolveu um sistema muito cómodo de passar nas portagens das auto-estradas.- Ou que vai lançar um medicamento anti-epiléptico no mercado mundial.- Ou que é líder mundial na produção de rolhas de cortiça.- Ou que produz um vinho que "bateu"em duas provas vários dos melhores vinhos espanhóis.- Ou que conta já com um núcleo de várias empresas a trabalhar para a Agência Espacial Europeia.- Ou que inventou e desenvolveu o melhor sistema mundial de pagamentos de cartões pré-pagos para telemóveis.- Ou que está a construir um conjunto de projectos hoteleiros de excelente qualidade um pouco por todo o mundo...
O leitor, possivelmente, não reconhece neste País aquele em que vive – Portugal!
Mas é verdade.
Tudo o que leu acima foi feito por empresas fundadas por portugueses, desenvolvidas por portugueses, dirigidas por portugueses, com sede em Portugal, que funcionam com técnicos e trabalhadores portugueses.
Chamam -se, por ordem, Efacec, Fepsa, Ydreams, Mobycomp, GALP, SIBS, BPI, BCP, Totta, BES, CGD, Stab Vida, Altitude Software, Primavera Software, Critical Software, Out Systems, WeDo, Brisa, Bial, Grupo Amorim, Quinta do Monte d'Oiro, Activespace Technologies, Deimos Engenharia, Lusospace, Skysoft, Space Services, Portugal Telecom Inovação...Mas também dos grupos Pestana, Vila Galé, Porto Bay, BES Turismo, Amorim Turismo...E depois há ainda grandes empresas multinacionais instaladas no País, mas dirigidas por portugueses, trabalhando com técnicos portugueses, que há anos e anos obtêm grande sucesso junto das casas mãe, como a Siemens Portugal, Bosch, Vulcano, Alcatel, BP Portugal, McDonalds (que desenvolveu em Portugal um sistema em tempo real que permite saber quantas refeições e de que tipo são vendidas em cada estabelecimento da cadeia norte-americana)...
É este o País em que também vivemos.
É este o País de sucesso que convive com o País estatisticamente sempre na cauda da Europa, sempre com péssimos índices na educação, e com problemas na saúde, no ambiente, etc.Mas nós só falamos do País que está mal, daquele que não acompanhou o progresso, do que se atrasou em relação à média europeia.
Está na altura de olharmos para o que de muito bom temos feito e de nos orgulharmos disso, de mostrarmos ao mundo os nossos sucessos – e não invariavelmente o que não corre bem, acompanhado por uma fotografia de uma velhinha vestida de preto, puxando pela arreata um burro que, por sua vez, puxa uma carroça cheia de palha...
E ao mostrarmos ao mundo os nossos sucessos, não só futebolísticos, colocamo-nos também na situação de levar muitos outros portugueses a tentarem replicar o que de bom se tem feito porque, na verdade, se os maus exemplos são imitados, porque não hão-de os bons serem também seguidos?

Nicolau Santos, Director – adjunto do Jornal Expresso In Revista Exportar
- Artigo publicado no Jornal Expresso de 25Jul06

Herman Goering

Biografia e apreciações à sua pessoa por parte de algumas individualidades
(1) Hermann Goering explained about his role in Hitler's government in his book Germany Reborn (1934)
(2) Henry (Chips) Channon, diary entry (13th August, 1936)
(3) Hermann Goering, statement at Nuremberg War Crimes Trial (October 1946)
(4) Conference on the Jewish Question between Hermann Goering, Reinhard Heydrich and Joseph Goebbels (12th November 1938)
(5) General Franz Halder, provided evidence on the Reichstag Fire at the Nuremberg War Crimes Trial in 1946.
(6) Hermann Goering provided evidence on the Reichstag Fire at the Nuremberg War Crimes Trial in 1946.
(7) Albert Speer, Inside the Third Reich (1970)
(8) Hermann Goering, order to Reinhard Heydrich (31st July, 1941)
(9) Joseph Goebbels, diary (13th March, 1945)
(10) Albert Speer, Inside the Third Reich (1970)
(11) Gustave Gilbert, an intelligence officer, interviewed Hermann Goering at Nuremberg on 18th April, 1946.
(12) Edward Heath, The Course of My Life (1988)

Escritos de e sobre Hitler

http://www.hitler.org/writings/

Processo de Nuremberga

1. - Fotografias dos prisioneiros após as execuções
2. - Nuremberg Trials 1945-1949
3. - Defendants in the Major War Figures Trial
DOENITZ FRANK FRICK FRITZSCHE FUNK GOERING HESS JODL KALTENBRUNNER KEITEL NEURATH PAPEN RAEDER RIBBENTROP ROSENBERG
SAUCKEL SCHACHT SCHIRACH SEYSS-INQUART SPEER STREICHER
4. - The Nizkor Project - Transferência por FTP de documentos utlizados no Prrcesso

Hans Frank


1 .- Hans Frank: Lebensraum and the Holocaust l Livro de Martyn Housden - Índice
2. - The Face Of The Third Reich by Joachim C FestPart 3 — Functionaries Of Totalitarian Rule 17. Hans Frank:Imitation of a Man of Violence
3. - Procureur à Nuremberg - Telford Taylor- Livro

Ms Dewey

http://www.msdewey.com/
Fonte: Blog A Biblioteca de Jacinto

Brainy Enciclopédia

http://www.brainyencyclopedia.com/

sexta-feira, 3 de novembro de 2006

Salazar e os outros

por Manuel Azinhal
Fonte: Alameda Digital Ano I, nº. 2, Outubro de 2006

A Minha Prisão



Fonte: Alameda Digital - Ano 1 . n. 2, Outubro de 2006

Tuna Médica de Lisboa

http://www.tunamedica.com/cancioneiro.php#

Fernando Pessoa - obra Poética

http://www.mdaedalus.com/pessoa/index.html

A vingança de Gaia - Entrevista com o autor James Lovelock

O cientista inglês que considera a Terra
um organismo vivo diz que só a energia
nuclear pode adiar o desastre
Diogo Schelp
"O aquecimento global já passou do ponto sem volta. A situação se tornará insuportável lá por 2040"
O inglês James Lovelock é um cientista com contribuições a áreas tão distintas do conhecimento que é difícil classificá-lo em uma única especialidade. É também um dos mais controvertidos. Sucesso entre os ambientalistas, sua criação mais conhecida, a Hipótese Gaia, é criticada pelos cientistas. Segundo essa teoria, que Lovelock desenvolveu quando trabalhava para a Nasa, nos anos 60, a Terra é um organismo dotado da capacidade de se manter saudável e tem compromisso com todas as formas de vida – e não necessariamente com apenas uma delas, o homem. Lovelock é o inventor do aparelho que permitiu detectar o acúmulo do pesticida DDT nos seres vivos, razão pela qual se interrompeu o uso da substância. O aparelho também ajudou a identificar o CFC, gás utilizado em aerossóis, como o responsável pela destruição da camada de ozônio, o que levou a sua proibição. Lovelock acredita que o equilíbrio natural foi rompido pelo
aquecimento global, tese desenvolvida no livro A Vingança de Gaia, publicado neste ano em seu país. O cientista concedeu esta entrevista a VEJA de sua casa em Devon, na Inglaterra, onde, aos 87 anos, faz pesquisas em um laboratório particular.
Veja – Quando o aquecimento global chegará a um ponto sem volta?
Lovelock – Já passamos desse ponto há muito tempo. Os efeitos visíveis da mudança climática, no entanto, só agora estão aparecendo para a maioria das pessoas. Pelas minhas estimativas, a situação se tornará insuportável antes mesmo da metade do século, lá pelo ano 2040.
Veja – O que o faz pensar que já não há mais volta?
Lovelock – Por modelos matemáticos, descobre-se que o clima está a ponto de fazer um salto abrupto para um novo estágio de aquecimento. Mudanças geológicas normalmente levam milhares de anos para acontecer. As transformações atuais estão ocorrendo em intervalos de poucos anos. É um erro acreditar que podemos evitar o fenômeno apenas reduzindo a queima de combustíveis fósseis. O maior vilão do aquecimento é o uso de uma grande porção do planeta para produzir comida. As áreas de cultivo e de criação de gado ocupam o lugar da cobertura florestal que antes tinha a tarefa de regular o clima, mantendo a Terra em uma temperatura confortável. Essa substituição serviu para alimentar o crescimento populacional. Se houvesse 1 bilhão de pessoas no mundo, e não 6 bilhões, como temos hoje, a situação seria outra. Agora não há mais volta.
Veja – Um estudo recente concluiu que a temperatura média da Terra vai aumentar 2 graus até o fim do século. O senhor concorda?
Lovelock – Os cientistas que fazem essas previsões baixas estudam a atmosfera como se ela fosse algo inerte. É um cálculo estanque, baseado na crença de que o aquecimento é diretamente proporcional à quantidade de gás carbônico jogada na atmosfera. A realidade é bem mais complexa. Todos os seres vivos do planeta reagem às mudanças que provocamos e as amplificam. Há previsões mais confiáveis de um aumento de até 6 graus até o fim do século. Essa vai ser a média global. Em algumas regiões, o aumento de temperatura será ainda maior.
Veja – O senhor vê o aquecimento global como a comprovação de que sua teoria está certa?
Lovelock – O aquecimento global pode ser analisado com base na Hipótese Gaia, e, por isso, muitos cientistas agora estão se vendo obrigados a aceitar minha teoria. Ela diz que todos os organismos, agindo em conjunto, formam um sistema ativo cujo objetivo é manter a Terra habitável. Nos oceanos, algumas algas utilizam o carbono do ar no seu crescimento e liberam outros gases que formam nuvens sobre a atmosfera. As nuvens ajudam a defletir os raios solares. Sem elas, a Terra seria um lugar muito mais quente e seco. Essas algas estão morrendo com o aumento da temperatura dos oceanos. Esse é apenas um exemplo de como a capacidade auto-reguladora do sistema Gaia está sendo rompida.
Veja – O aquecimento global vai levar a uma nova fase da seleção natural da espécie humana?
Lovelock – Sim. Pela Hipótese Gaia, qualquer organismo que afeta o ambiente de maneira negativa acabará por ser eliminado. Como o aquecimento global foi provocado pelo homem, está claro que corremos o risco de ser extintos. Até o fim do século, é provável que cerca de 80% da população humana desapareça. Os 20% restantes vão viver no Ártico e em alguns poucos oásis em outros continentes, onde as temperaturas forem mais baixas e houver um pouco de chuva. Na América Latina, por exemplo, esses refúgios vão se concentrar na Cordilheira dos Andes e em outros lugares altos. O Canadá, a Sibéria, o Japão, a Noruega e a Suécia provavelmente continuarão habitáveis. A maioria das regiões tropicais, incluindo praticamente todo o território brasileiro, será demasiadamente quente e seca para ser habitada. O mesmo ocorrerá na maior parte dos Estados Unidos, da China, da Austrália e da Europa. Não será um mundo agradável. As condições de sobrevivência no futuro serão muito difíceis. Essa é a vingança de Gaia, uma expressão que uso apenas como metáfora, não como argumento científico.
Veja – O que vai acontecer com quem permanecer nesses lugares?
Lovelock – A maioria vai morrer de fome. Não é só uma questão de aumento de temperatura. Com a mudança climática, será impossível cultivar alimentos ou criar animais de abate, porque simplesmente não haverá chuva ou água para a irrigação. O Rio Ganges, na Índia, por exemplo, está tendo seu volume reduzido e logo irá desaparecer. Quem conseguir migrar para os poucos oásis que sobrarem ou para as regiões mais frias ao norte do globo viverá em condições semelhantes às de muitos africanos hoje: haverá escassez de comida e pouca água. As guerras do futuro serão uma conseqüência do aquecimento global. Quando a China se tornar inabitável, seus moradores não vão simplesmente sentar e esperar a morte. Eles vão migrar para a Rússia. Há espaço para essas pessoas na Sibéria, mas duvido que essa migração aconteça pacificamente.
Veja – Será possível se recuperar dessa situação?
Lovelock – A Terra vai se recuperar. Há 55 milhões de anos ocorreu um evento muito parecido com o que está acontecendo agora. Naquele tempo, houve uma emissão acidental de uma quantidade de dióxido de carbono equivalente à que está sendo produzida hoje pela ação humana. A temperatura da Terra elevou-se em 8 graus nas regiões temperadas e em 5 graus nos trópicos. Os seres vivos migraram para as regiões polares e ficaram centenas de milhares de anos por lá. Quando a temperatura global voltou a cair, eles migraram de volta. O sistema Gaia, portanto, não está ameaçado, mas vai levar 200 000 anos para voltar a ser como é. Para nós, humanos, isso é muito tempo.
Veja – Muitos cientistas estão preocupados com a diminuição da biodiversidade. O senhor também está? Lovelock – Não. A perda de biodiversidade é apenas um sintoma das mudanças climáticas. Os biólogos se preocupam com isso porque eles adoram colecionar espécies. Na verdade, os ecossistemas mais saudáveis são aqueles com pouca biodiversidade. Muito mais grave é o risco de quase extinção enfrentado pela humanidade. Veja – Não há nada que se possa fazer?
Lovelock – A única opção é substituir as fontes de energia mais comuns por usinas nucleares, mais limpas do que hidrelétricas ou termoelétricas. O gás carbônico vai nos matar se não fizermos nada a respeito. As pessoas têm medo do lixo atômico, mas isso é um mito. A quantidade de resíduos produzida pelas usinas nucleares é irrisória e não causa grandes problemas ambientais. A energia nuclear, no entanto, não é uma solução, e sim uma medida para ganharmos tempo. A roda do aquecimento global já está em movimento, e não há como freá-la.
Veja – É mais fácil se livrar de lixo atômico do que de gás carbônico?
Lovelock – Infinitamente mais. Cem gramas de urânio equivalem a 200 toneladas de carvão, em termos de energia gerada. Com 100 gramas de urânio não se produzem mais do que 100 gramas de lixo atômico, enquanto a poluição emitida pela queima de 200 toneladas de carvão é de 600 toneladas de dióxido de carbono. Entre 100 gramas e 600 toneladas de resíduos, é óbvio que o carbono é um problema maior. Veja – E quanto aos riscos de acidentes nucleares, como o da usina de Chernobyl, em 1986?
Lovelock – Chernobyl é uma grande mentira. A ONU enviou três equipes de cientistas a Chernobyl para ver quantas pessoas realmente morreram em conseqüência do acidente. A resposta é 56 mortos, no máximo. Foi o tipo de acidente nuclear que apenas podia acontecer naqueles velhos tempos da União Soviética, em que as usinas eram administradas de maneira irresponsável. As estatísticas das usinas nucleares ao redor do mundo são impressionantes. Elas produzem energia com uma segurança maior do que qualquer outra indústria energética. O perigo de acidentes não é nada comparado aos efeitos do aquecimento global. As pessoas estão perdendo o contato com o mundo natural e por isso há saudosismo, um desejo inconsciente de volta à natureza. A ciência e a tecnologia passaram a ser rejeitadas e classificadas como ruins para o ambiente. É o que acontece com as plantas geneticamente modificadas e com a energia atômica. Vivemos em uma sociedade hipocondríaca.
Veja – No Brasil, a maioria dos carros novos funciona com álcool combustível. O biocombustível é uma boa forma de reduzir a emissão de gases do efeito estufa?
Lovelock – Essa provavelmente é das coisas menos sábias a fazer. Para produzir a cana-de-açúcar para o biocombustível, é preciso ocupar o espaço dedicado à produção de alimentos ou derrubar florestas, que ajudam a regular o clima. Isso é contraprodutivo. É mais inteligente usar a energia nuclear para produzir hidrogênio como combustível para os carros. Alguns anos atrás, muitos cientistas achavam que o biocombustível era o caminho certo a seguir. Agora que sabemos quão sério é o problema do aquecimento global, percebemos que essa não é a melhor solução. Nós, cientistas, devemos pedir desculpas ao povo brasileiro.
Veja – Qual sua opinião sobre o conceito de desenvolvimento sustentado, pelo qual se explora o ambiente sem lhe provocar danos?
Lovelock – Acho uma idéia adorável. Se a tivéssemos aplicado 200 anos atrás, quando havia apenas 1 bilhão de pessoas no mundo, talvez não estivéssemos na situação em que estamos hoje. Agora é tarde demais. Não há mais espaço para nenhum tipo de desenvolvimento. A humanidade tem de regredir. Em algumas décadas, quem conseguir se mudar para regiões melhores, com temperaturas mais amenas, terá uma chance de sobreviver.
Veja – Qual sua opinião sobre a proposta de colocar um escudo solar em órbita, para devolver ao espaço os raios de sol?
Lovelock – Não é uma má idéia. Esse escudo ficaria entre o Sol e a Terra e poderia desviar 3% dos raios solares e, dessa forma, reduzir o calor na atmosfera. Trata-se de uma medida relativamente rápida de ser implementada e custaria menos que a Estação Espacial Internacional. O escudo solar poderia nos dar um pouco mais de tempo, mas não seria a cura para o problema do aquecimento global. Veja – A destruição da Amazônia é a maior vilã do aquecimento global?
Lovelock – Não. O sudeste da Ásia está sofrendo uma destruição comparável à da Amazônia. A Indonésia tem provocado tanto dano às florestas quanto o Brasil. Uma medição feita no passado mostrou que as queimadas indonésias liberaram 40% de todo o gás carbônico produzido no mundo em um ano. Os brasileiros não devem se sentir os únicos culpados pelo desastre que estamos prestes a vivenciar. Temos todos uma parcela igual de culpa. Veja – Por que a ciência levou tanto tempo para perceber a gravidade da mudança climática? Lovelock – A comunidade científica estava muito engajada em um outro problema: a destruição da camada de ozônio. Era uma questão fácil de resolver, porque os produtos industriais que estavam provocando o buraco na camada podiam ser substituídos por outros, inofensivos. Só em 2001, em uma convenção em Amsterdã, na Holanda, os pesquisadores concordaram que o aquecimento é um fenômeno global. Naquele ano, eles finalmente aceitaram a tese de que a Terra é um sistema que se auto-regula, indiretamente concordando com a minha Hipótese Gaia.
Veja – Alguns cientistas dizem que suas opiniões são apocalípticas e por isso não podem ser levadas a sério. O que o senhor diz a eles?
Lovelock – Não há nenhum dado no meu livro diferente daqueles contidos no relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, da ONU. A diferença é que eu apresentei os fatos de uma forma compreensível para os leigos. Os cientistas estudam o aquecimento global de maneira fragmentada e acabam tendo dificuldade de desenvolver uma visão geral do fenômeno.
Fonte: Grupo do Yahoo Observatório Sociológico - post de Luciano Teixeira de 30Out2006

A autobiografia de João Medina

O labirinto do exílio
Fonte: Visão Online 941 de 25Out2006

Escolha as Sete Maravilhas do Mundo - Votação global

http://visaoonline.clix.pt/default.asp?CpContentId=331990
Vote aqui
Para votar em sete destas potenciais maravilhas, há que ir ao site da Internet www.new7wonders.com. Os monumentos mais votados passarão a ser as Novas Sete Maravilhas do Mundo!
Fonte: Visão online 713 de 02Nov2006

Memórias do Tarrafal revisitadas em colóquio na Universidade do Porto



2006-11-02




Historiadores debatem primeiros anos do Salazarismo






O campo da Morte Lenta
29 de Outubro de 1936. Na então colónia portuguesa de Cabo Verde, abriam-se as portas daquele que a História tornaria conhecido como o “Campo da Morte Lenta”. Oficialmente, chamavam-lhe “Colónia Penal do Tarrafal” e até 1954 “acolheu” 340 opositores ao re gime do Estado Novo. Memórias que se vão fazer presentes no colóquio internacional “Salazarismo, Tarrafal, Guerra de Espanha – História e Memória 70 anos depois” que decorre amanhã e sábado, dias 3 e 4 de Novembro, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP). Ler mais...


A presente mensagem foi enviada a partir desta página web.

Cancro do pulmão a caminho de doença crónica?

Comentários:
vbbbb

Congresso no Porto deixou no ar novos horizontes na luta contra a enfermidade

2006-10-14

Os representantes do Grupo de Estudos do Cancro do Pulmão, entidade organizadora do segundo Congresso Português do Cancro do Pulmão, estão satisfeitos com o resultado dos trabalhos do congresso considerando muito proveitosa a mensagem e conhecimentos passados a todos os profissionais que se dedicam em Portugal a esta problemática. Ler mais...

A presente mensagem foi enviada a partir desta página web.

quinta-feira, 2 de novembro de 2006

Lua Morta - Gomes Leal e Fernando Pessoa

Fernando Pessoa

Gomes Leal
Sangra, sinistro, a alguns o astro baço.
Seus três anéis irreversíveis são
A desgraça, a tristeza, a solidão.
Oito luas fatais fitam no espaço.
Este, poeta, Apolo em seu regaço
A Saturno entregou. A plúmbea mão
Lhe ergueu ao alto o aflito coração.
E, erguido , o apertou, sangrando lasso.
Inúteis oito luas da loucura
Quando a cintura tríplice denota
Solidão e desgraça e amargura !
Mas da noite sem fim um rastro brota,
Vestígios de maligna formosura :
É a lua além de Deus, álgida e ignota.










2 de Novembro - Durante anos, dia azarado para mim

Durante anos interiorizei que no dia 2 de Novembro alguma coisa de mau me poderia acontecer. Com efeito, foi a 2 de Novembro ou uns dias antes ou depois, que fui quase cercado pelo fogo, posto pelo Cristo nas cercanias de Novo Redondo. Foi a 2 de Novembro ou perto desta data que tive o desastre de mota. Foi também a 2 de Novembro que ia batendo com a cabeça na carroçaria de uma camioneta em Novo Redondo na estrada para a fábrica de desencaroçamento de algodão. Foi também por esta data que que tive o sonho do jipe do meu pai se ter virado numa picada para os lados de Cassamba numa deslocação para o Luso. Algumas semanas depois soube por carta da minha mãe que o meu pai sofrera um ataque cardíaco e que fora transferido para Luanda.
Foi a 4 de Novembro que sem nenhuma perspectiva de futuro parti para o exílio, vai fazer dentro de 2 dias, 31 anos.
Rui Moio. Jornal Íntimo de 02Dez2006

quarta-feira, 1 de novembro de 2006

Execução do Imperador Maximiliano do México






Findo o Jornal das 9 passei para o canal História onde se transmitia um documentário sobre as comemorações do 5 de Maio e em que o Carlos fazia a locução. Dizia-se que o 5 de Maio festeja-se alegremente pela população em muitas cidades dos Estados Unidos e do México e seguiu-se uma explicação da razão disso.
A meio do Século XIX o México esgotara-se numa guerra com os Estados Unidos da América em que este país lhe comeu grande parte do seu território. Segui-se um periodo difícil em que o México se endividou para com algumas potências europeias. Vai para Presidente da República um indivíduo de origem índia que decide suspender por dois anos os pagamentos da dívida. Então as nações europeias credoras enviam navios com forças militares para o México para pressionar o pais ao pagamento da dívida. Como resultado de conversações, as forças de todas as nações europeias voltam à Europa à excepção das forças francesas. que decidem invadir o território pela cidade costeira de Vera Cruz. No percurso para a cidade do México as tropas franceas são impedidas de o fazer pela forte resistência mexicana em Puebla.. E essa batalhar deu-se a 5 de Maio de um ano que não sei precisar.
Na História do México ocorreram outros episódios até que o presidente índio é deposto e a um Habsburgo é conferida a coroa de Imperador do México. É o nobre prussiano que passou pela Madeira e que escreveu um diário de umas 4 páginas em que relata as suas impressões sobre a ilha e os seus habitantes. O documentário que me refiro apresenta a seguir uma representação da execução do Imperador. Ele usava uma farta barba e pede aos soldados para não lhe desfigurarem o rosto. Pede ainda que pudesse ouvir uma múisica (creio a mararca). Depois foi fusilado. O índio que se refugiara algures volta a tomar a cadeira da presidência da república enquanto a Imperatriz Maria Carlota regressa á Europa, enloquece e morre apenas em 1927

Rui Moio. Jornal Íntimo de 01Dez2006

Related Posts with Thumbnails